Suche

Veículos, casas e fábricas conectadas: Soluções inteligentes da Bosch facilitam o dia a dia

Alessandra Nascimento >

X

  • Mobilidade conectada: mais segurança e conveniência nas estradas
  • Indústria conectada com máquinas que aprendem sozinhas
  • Edifícios conectados: assistentes inteligentes para apartamentos, casas e prédios comerciais
  • Melhor performance e mais qualidade com uso da inteligência no campo

Berlim, Alemanha – Desde o uso de robôs com inteligência artificial na manufatura, passando por poderosos computadores para uma mobilidade conectada e automatizada até residências inteligentes. Foi isso que a Bosch apresentou no Bosch ConnectedWorld 2020, evento da indústria de Internet das Coisas (IoT) que se encerra hoje, dia 20, em Berlim. A ideia é demostrar o que a conectividade é capaz de fazer atualmente e que soluções irão facilitar o cotidiano das pessoas nas estradas, em casa e no trabalho.

Em movimento: soluções para mobilidade de hoje e do amanhã

Computação robusta para a arquitetura eletrônica veicular do futuro:

O aumento da eletrificação, automação e conectividade tem exigido cada mais da arquitetura eletrônica dos veículos e a base para isso serão as novas unidades de controle de alto desempenho. Até o início da próxima década, os sistemas produzidos pela Bosch aumentarão o poder do processamento das informações por um fator de 1.000. A empresa já está produzindo esses tipos de computadores para direção automática, motorização e visando a integração com os sistemas de entretenimento e de assistência ao condutor.

Potência máxima em serviços para eletromobilidade: o sistema de armazenamento na nuvem da Bosch prolonga a vida das baterias dos carros elétricos. Softwares inteligentes analisam o status das mesmas com base nos dados coletados em tempo real tanto do veículo quanto do seu arredor, além de reconhecer fatores de que prejudicam a saúde da bateria, como um carregamento acelerado. Com base nas informações coletadas, o software calcula medidas para combater o envelhecimento celular, como processos de recarga otimizada que minimiza o desgaste da bateria, além de apontar com precisão a durabilidade e informar a melhor rota incluindo paradas para recargas.

Mobilidade eletrônica a longo prazo – célula de combustível: Células de combustível proporcionam longas distâncias, curtos períodos de reabastecimento e – com hidrogênio produzido usando energia renovável – um veículo livre de emissões. A Bosch planeja comercializar pilhas de células de combustível que foram aprimoradas em conjunto com a companhia sueca Powercell. Além do produto, que converte hidrogênio e oxigênio em energia elétrica, a Bosch está desenvolvendo todos os componentes essenciais do sistema de células de combustível.

Produtos conectados que salvam vidas: Imagine que alguém sofreu um acidente e precisa de ajuda rapidamente – independentemente se esteja em casa, andando de bicicleta, praticando esportes, dentro de um carro ou em uma moto. Para essas e outras situações de emergência, a Bosch oferece o anjo da guarda Help Connect. Disponível no formato de aplicativo para smartphones, essa solução conectada, que tem o intuito de salvar vidas, transmite informações para um serviço de emergência via centrais de serviço da Bosch.

A solução requer detecção automática dos acidentes por meio de sensores nos smartphones ou nos sistemas de assistência veicular. Com esse propósito, a Bosch adicionou um algoritmo de colisão inteligente aos sensores de aceleração no programa eletrônico de estabilidade de motocicletas, o MSC. Ao detectar um acidente, os sensores reportam à colisão e imediatamente aciona o serviço de resgate. Uma vez registrado, a solução salva-vidas pode ser ativada a qualquer momento, em qualquer lugar – automaticamente nos dispositivos conectados ou com o apertar um botão.

Soluções para a indústria

Maior transparência e eficiência na manufatura e logística: o Nexeed, sistema de aplicação industrial para a Indústria 4.0, fornece todo processo de dados de manufatura e logística de modo padronizado e destaca o potencial para otimização. O sistema já ajudou unidades da Bosch a alcançar ganhos de eficiência acima de 25%. Além disso, com o Nexeed Track and Trace a logística também pode ser otimizada: o sistema monitora as cargas e as transportadoras por meio de sensores e gateways, que reportam regularmente sua localização e status para a nuvem. Isso significa que é possível saber a localização dos pallets ou dos materiais da produção em tempo integral, bem como se chegarão ao destino dentro do prazo.

Reconhecimento visual garante peças de reposição com agilidade: na manufatura industrial, assim que uma máquina quebra, toda operação pode ser interrompida. Obter a peça de reposição certa economiza tempo e dinheiro. O reconhecimento visual dos objetos pode ajudar: o usuário tira uma foto da peça quebrada com o smartphone e um aplicativo ajuda a identificar rapidamente a reposição adequada. A base para esse processo é uma rede neural treinada com uma ampla gama de dados de imagem desenvolvido pela Bosch.

Robôs sensíveis – projeto de pesquisa AMIRA: nas fábricas do futuro, robôs industriais inteligentes desenvolverão um papel importante na manufatura. O projeto de pesquisa AMIRA emprega métodos de aprendizado e de inteligência artificial em uma tentativa de ensinar os robôs a executarem tarefas desafiadoras e que exigem alto grau de agilidade e sensibilidade.

Construções e infraestrutura mais eficientes

Maior eficiência de fornecimento de energia limpa – células de combustíveis estacionárias: para a Bosch, a célula de combustível de óxido sólido (SOFC) desenvolve um papel importante na segurança de fontes e sistemas de energia flexíveis. Uma das intenções é usar esse tipo de tecnologia em pequenas centrais elétricas distribuídas pelas cidades, fábricas, data centers e pontos de abastecimento de veículos elétricos. A Bosch recentemente investiu 90 milhões de euros na Ceres Power, especialista em células de combustível, aumentando sua participação na empresa em 18%.

Edifício inteligente – serviços de construção conectados: Como um prédio comercial pode fazer o melhor uso possível de seu espaço? Quando o ar-condicionado de uma determinada área do edifício deve ser ligado? Como saber se todas as luminárias estão funcionando? O Connected Building Services da Bosch, que é baseado em sensores e em nuvem, fornece essas e outras respostas. Com informações do edifício como, por exemplo, o número de ocupação ou da qualidade do ar, esse serviço oferece suporte ao gerenciamento do local. O sistema permite ajustar a temperatura e iluminação das salas de acordo com a demanda, aumentar a eficiência ou reduzir o consumo de energia. Além disso, os dados enviados em tempo real das condições dos elevadores facilitam o cronograma de manutenção e reparos, evitando paradas não programadas.

Plataforma expandida: a Home Connect Plus – plataforma aberta de IoT para todos os objetos relacionados a Bosch e aparelhos domésticos de terceiros – está se estendendo da cozinha e lavanderia para o resto da casa. Com previsão para meados de 2020, o novo aplicativo permitirá aos usuários conectarem outras áreas da casa independentemente do fabricante, incluindo equipamentos de iluminação, persianas, aquecimento, entretenimento e jardinagem. Essa solução tornará a vida em casa ainda mais confortável, conveniente e eficiente.

No campo: soluções para máquinas agrícolas e fazendas

Agricultura inteligente – Nevonex: é um ecossistema aberto e neutro que traz os serviços digitais para as máquinas agrícolas, permitindo a conectividade do fluxo de trabalho com os equipamentos. O dispositivo também serve como uma plataforma onde os fornecedores de tecnologia ou de equipamentos possam oferecer seus serviços tanto em implementos agrícolas já existentes ou em novos, desde que tenham uma unidade de controle Nevonex habilitado. Os sensores conectados possibilitam mais potencial de eficiência no campo já que é possível otimizar a dispersão de sementes, fertilizantes e pesticidas ou ainda para automatizar os fluxos de trabalho.

De olho no crescimento e clima: Os sistemas de sensores conectados da Bosch possibilitam aos produtores o acompanhamento constante das influências externas e ajudam na tomada de decisão no tempo oportuno. Com o Deepfield Connect Field Monitoring, os usuários recebem dados sobre o tempo e crescimento da planta diretamente pelo smartphone. Já o sistema de Irrigação Inteligente ajuda a otimizar o uso da água usada no crescimento das plantações. Com o Deepfield também é possível monitorar a temperatura do leite nos tanques, possibilitando que produtores ou motoristas intervenham antes que o produto estrague. Outro sistema de sensor inteligente é o Greenhouse Guardian, que possibilita a detecção de qualquer doença das plantas por meio de dados sobre a umidade ou níveis de CO2, que são coletados e processados na nuvem de IoT da Bosch. É o uso da inteligência artificial aumentando a produtividade no campo.

Atendimento à imprensa

Caroline Schulke

tel.: +49 711 811-6283

e-mail: Caroline.Schulke@de.bosch.com

Há 65 anos no Brasil, o Grupo Bosch emprega atualmente no país cerca de 8.300 colaboradores e registrou, em 2018, um faturamento líquido de R$5.3 bilhões com a oferta de produtos e serviços para os setores Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 9.800 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 6.5 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. Para mais informações: www.bosch.com.br, www.bosch-press.com.br, www.twitter.com/bosch_brasil.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega cerca de 403.000 colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2019). A empresa gerou vendas de 77.9 bilhões de euros em 2019. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. Como uma empresa líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades inteligentes, mobilidade e indústria conectadas. A empresa utiliza sua expertise de tecnologia de sensores, software e serviços, assim como sua própria nuvem de IoT para oferecer aos seus consumidores conectados múltiplas soluções a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é disponibilizar inovações para uma vida conectada e aprimorar a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores concebidos para fascinar. Assim, a empresa cria "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede global de produção, engenharia e vendas da Bosch abrange quase todos os países do mundo. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 72.000 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 125 localidades em todo o mundo. Mais informações: www.bosch.com, www.iot.bosch.com, www.bosch-press.com, www.twitter.com/BoschPresse

Ainda procurando por algo?