Suche

Congresso SAE - Bosch destaca soluções para o setor de transporte

  • Setor de transporte será autônomo, conectado e eletrificado
  • Tecnologias Bosch proporcionam mais segurança, conforto e eficiência
  • Ampla gama de soluções, produtos e tecnologias para o transporte de carga e pessoas

A mobilidade do futuro será cada vez mais conectada, automatizada e eletrificada. A Bosch, uma líder mundial em tecnologias e serviços, vem atuando fortemente para oferecer soluções multimodais atreladas às essas três vertentes. Especialmente este ano, em que o Congresso SAE ocorre simultaneamente à Fenatran - Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas – a empresa aproveita para reforçar o seu amplo know-how em tecnologias e sistemas que visam levar mais segurança, conforto, inteligência e eficiência ao setor de transporte seja de cargas ou de pessoas.

Condução Conectada

Perfectly keyless: A chave do futuro será digital e oferecerá mais recursos do que suas antecessoras. No centro dessa solução está em um aplicativo o qual os gerentes logísticos, gestores de fretes e motoristas de caminhões terão em seus smartphones. O gerenciamento de chaves digitais da Bosch conecta caminhões a um aplicativo de smartphone pela nuvem. Os gestores ou gerentes de frotas usam o app para atribuir um caminhão a um determinado motorista dentro de uma rota específica. Assim, o Perfectly Keyless gera uma chave digital segura e pessoal e a envia pela nuvem para o caminhão e para o smartphone do motorista.

Conforme se aproxima do veículo designado, os sensores instalados no caminhão detectam o smartphone do motorista por meio de uma conexão sem fio. As portas do veículo apenas abrirão se a chave do telefone “combinar” com a trava digital do veículo. Estes sensores também detectam quando o motorista estiver sentado e o motor dará partida assim que ele apertar o botão “start-stop”. Da mesma forma, quando o condutor sair do veículo ao final da viagem, o sistema indentifica a ação e automaticamente trancará as portas.

Outro diferencial do sistema é que funciona mesmo se o celular estiver sem bateria - o smartphone e o caminhão se comunicarão por meio de uma transmissão wireless de curta distância (NFC). E, caso o aparelho seja perdido ou roubado, a chave digital pode ser desativada online, bloqueando o acesso ao veículo.

Motor elétrico limpador de para-brisa – os sistemas de limpador de para-brisas da Bosch garantem que os condutores desfrutem de uma visão clara e segura independentemente da condição da chuva. Entre os diferenciais está o baixo peso do motor, alta performance na limpeza por meio das palhetas flat blade, bem como a utilização da tecnologia mecatrônica, que provê novas funções ao produto. Dentre os recursos estão: menor sobrecarga ao sistema e mais conforto ao motorista graças ao baixo ruído e desempenho de limpeza otimizado. A solução está disponível em motores de 12V e 24V, com ou sem eletrônica embarcada.

Central Gateaway – dispositivo que permite comunicação entre domínios e serviços conectados. O gateway central é o elo de comunicação segura nos veículos comerciais conectados, já que controla a troca de dados entre as ECUs do veículo com o mundo exterior em todos os sistemas. As modernas tecnologias de transmissão e criptografia tornam a troca de dados particularmente segura, já que impedem o acesso ilegal à rede de veículos usando firewalls ou o sistema de detecção de intrusões, que são desenvolvidos pelas subsidiárias Bosch ETAS e ESCRYP.

Condução Autônoma

Servotwin – base para a direção autônoma, este sistema de direção facilita o esterçamento de veículos comerciais pesados graças à inovação eletro-hidráulica (tecnologia que combina o sistema de direção hidráulica de esferas recirculantes RB-Servocom® com uma plataforma de uma unidade de controle elétrico). O sistema Servotwin oferece ainda assistência de direção com retorno ativo e várias funções de assistência ao condutor para a direção semi-autônoma, como o fim de curso atrelado ao software (sem interferência de elementos mecânicos), compensação de ventos laterais e maior acuracidade de “feeling” da direção. E, quando combinado com interface CAN, câmera e sensores, a Servotwin agrega ainda sistemas de assistência ao condutor - manutenção do veículo nas faixas de rodagem, auxílio em paradas bruscas de veículos à frente (traffic jam) com ou sem visibilidade e esterçamento (parking assistance).

Frenagem Automática de Emergência (AEB) – as colisões traseiras estão entre os maiores incidentes e este sistema pode prevenir tais colisões totalmente ou, pelo menos, atenuar consideravelmente o impacto dos acidentes. Por meio de um radar e/ou uma câmera, ao detectar um obstáculo à frente, a tecnologia prepara o veículo para uma frenagem de emergência e alerta o motorista. Se este não responder, o sistema inicia a frenagem parcial e, assim que o motorista pisa no freio, há aumento na potência da frenagem. Se o condutor não reagir, o sistema realiza a frenagem de emergência de forma automática.

Adaptive Cruise Control (ACC) - Este sistema mantém a velocidade e a distância correta do veículo à frente de acordo com o fluxo do tráfego. Com a ajuda de um sensor de radar, o software pode acelerar ou frear o carro automaticamente. Em sua versão Stop&Go, o ACC consegue parar o carro completamente e religar o motor depois de uma breve parada no trânsito. Esse mecanismo ajuda os motoristas a chegarem ao destino de forma mais tranquila, enquanto economiza gasolina, reduz o risco de colisão traseira e mantém o fluxo constantre do trânsito.

Detecção de Sonolência do Condutor - o sistema de detecção de sonolência do condutor é uma função de software que analisa constantemente o comportamento de direção do motorista por meio de informações coletadas pela câmera multifunção e do sensor de ângulo de direção do veículo. A tecnologia reconhece os momentos em que o condutor deixa de controlar brevemente a direção, mas depois a corrige abruptamente - fatores que indicam diminuição na concentração e aumento da fadiga. Ao verificar os sinais de sonolência, o sistema emite um sinal visual e sonoro para que o motorista faça uma parada de descanso.

Assistentes de aviso e de permanência em faixa – por meio de um sensor de câmera, o sistema monitora as marcações da pista para determinar a posição do veículo em relação à faixa. Caso detecte que o veículo está a ponto de sair da faixa involuntariamente, sem o acionamento do pisca, o dispositivo alerta o motorista com uma vibração no volante ou com um aviso sonoro. A função é ativada a partir da velocidade de 60 km/h.

Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP®): pesquisas em todo o mundo comprovam que o Programa Eletrônico de Estabilidade é a maior invenção em sistema de segurança veicular depois do cinto de segurança, além de ser a base para outras tecnologias de assistência ao condutor e direção autônoma. Se a tecnologia detectar uma situação crítica, o ESP® reage de imediato – independentemente da ação do motorista, utilizando o sistema de frenagem do veículo para “conduzi-lo” de volta à estrada. Por meio de centrais eletrônicas de alta capacidade, o programa inicia a correção de trajetória pro meio da frenagem direcionada e seletiva em cada roda, como também intervem no motor para desacelerar as rodas motrizes. Segundo estudo conduzido pela Bosch, a tecnologia ESP® pode prevenir até 80% dos acidentes causados por derrapagem.

iBooster – é um amplificador de força eletromecânico que vem substituir o servo freio assistido a vácuo que, além de poder ser aplicado em todas as configurações do sistema de transmissão, a tecnologia é especialmente adequada para veículos híbridos e elétricos. Com o sistema, a bomba de vácuo - seja ela mecânica ou elétrica - não é mais necessária reduzindo o consumo de combustível e de emissões de CO2. Em conjunto com o ESP, o iBooster apoia as funções de assistência ao condutor exigidas em veículos autônomos.

Powertrain e Mobilidade Elétrica

Sistema common-rail – nenhum outro motor a combustão é tão versátil quanto o diesel, isso ocorre principalmente devido ao alto grau de eficiência associado ao custo-benefício. Com design leve e compacto, sistema common-rail Bosch conta com uma adaptação flexivel que facilita sua integração tanto em motores já existentes como em novos desenvolvimentos. Graças ao constante aumento dos requisitos de eficiência para os sistemas de injeção de motores a diesel, a tecnologia possibilita um motor mais econômico aliado a um excelente desempenho e dirigibilidade, contribuindo para atender as exigência do Proconve L6, L7 e P8 a MAR-I.

O sistema common-rail consiste em uma bomba, um rail de alta pressão, um injetor para cada cilindro, uma linha de retorno de combustível e uma unidade de controle eletrônico do motor. O tempo de injeção e a quantidade de combustível são calculados e controlados individualmente para cada cilindro.

Bomba Eletro-hidráulica para Sistemas de Direção (EHPS) – além de mais eficiência e versatilidade - já que possibilita a montagem em veículos de combustão interna, híbridos ou puramente elétricos, a bomba EHPS fornece a quantidade adequada de óleo e pressão para operar os sistemas de direção hidráulica dos veículos comerciais em qualquer circunstância. Com isso, além de reduzir a temperatura de funcionamento do sistema de direção eliminando serpentinas e resfriadores, a bomba entrega até 70% de economia de energia quando comparada a um modelo convencional de direção assistida hidraulicamente. Acionada por dois motores elétricos, oferece redundância de funcionamento elétrico e eletrônico, além de atender as normas ASIL (ISO 26262) e CAN ISO 11898-2/-5. Quando aplicada em motores traseiros, a EHPS se mostra ainda mais adequada já que elimina tubulações e mangueiras longas, pois pode ser instalada mais próxima à caixa de direção hidráulica.

Motor Elétrico de Ventilação (GBM) – com esse produto, a Bosch oferece uma plataforma de motor DC para sistemas de aquecimento e ar-condicionado que é adequada para uso no mundo todo devido ao seu conceito modular de personalização. O sistema do ar-condicionado de veículo inclui motor e módulo do ventilador. Opcionalmente, esse módulo pode ser equipado com um controlador linear ou PWM e os componentes modulares padronizados podem ser combinados conforme os requisitos específicos da montadora. Entre os diferenciais do motor GBM Bosch estão a redução de ruído e peso, este último graças ao seu design compacto e eficiente, além de também ser indicado para uso em veículos comerciais e aplicações fora-de-estrada com tensão do sistema elétrico de 24 V.

Laboratórios de Engenharia e Desenvolvimento de Projetos para sistemas powertrain - a Bosch mantém avançados centros de teste e aplicação de produtos em todo o mundo e, aqui no Brasil, há dois centros de pesquisa: um em Campinas e outro em Curitiba. Ambos oferecem os mais recentes métodos de análises, além de contar com uma equipe multifuncional de especialistas que atua para levar excelência, qualidade, segurança, desempenho e durabilidade para os mais diferentes projetos de engenharia.

Com o objetivo de fortalecer o seu compromisso de ser a parceira ideal para o presente e futuro da mobilidade no mercado nacional, os centros de excelência em análise da Bosch estão divididos em três especialidades: Desenvolvimento e Aplicação de Motores e Veículos; Testes de Engenharia; Testes e Análise de Qualidade.

Mais informações no Bosch Mobility Solutions

Tags: Congresso SAE 2019; Transporte autônomo; Conectividade; Eletrificação;

Atendimento à imprensa

Alessandra Nascimento

Tel.: (19) 2103-2325

e-mail: alessandra.nascimento@br.bosch.com

Em 2019, o Grupo Bosch completa 65 anos de Brasil – uma história de sucesso que se iniciou em 1954 na cidade de São Paulo. Atualmente o Grupo Bosch emprega no país cerca de 8.300 colaboradores e registrou, em 2018, um faturamento líquido de R$5.3 bilhões com a oferta de produtos e serviços para os setores Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 9.800 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 6.5 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. Para mais informações: www.bosch.com.br, www.bosch-press.com.br, www.twitter.com/bosch_brasil.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega cerca de 410.000 colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2018). A empresa gerou vendas de 78.5 bilhões de euros em 2018. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. Como uma empresa líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades inteligentes, mobilidade e indústria conectadas. A empresa utiliza sua expertise de tecnologia de sensores, software e serviços, assim como sua própria nuvem de IoT para oferecer aos seus consumidores conectados múltiplas soluções a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é disponibilizar inovações para uma vida conectada e aprimorar a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores concebidos para fascinar. Assim, a empresa cria "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 460 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede global de produção, engenharia e vendas da Bosch abrange quase todos os países do mundo. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 68.700 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 130 localidades em todo o mundo. Mais informações: www.bosch.com, www.iot.bosch.com, www.bosch-press.com, www.twitter.com/BoschPresse

Ainda procurando por algo?