Suche

  • Contrato de fornecimento em longo prazo com a cellcentric
  • Joint venture 50:50 entre Daimler Truck AG e Grupo Volvo AB para compressores de ar elétricos com potência eletrônica integrada
  • Uso dos sistemas de células a combustível para caminhões pesados e outras aplicações dentro e fora da estrada

Alessandra Nascimento >

X

Stuttgart, Alemanha – As células a combustível estão encontrando seu caminho nas estradas ao redor do mundo. Para a Bosch, a próxima conquista neste desenvolvimento é um grande pedido para compressores de ar elétricos com potência eletrônica integrada, que controlam o suprimento de oxigênio da célula a combustível. A Bosch já assinou o acordo com a cellcentric para fornecer esse componente de alta tecnologia. Na joint venture 50:50 entre a Daimler Truck AG e o Grupo Volvo AB, a cellcentric é a responsável por todas as atividades ao longo de toda cadeia de valor.

Assim como a Bosch, a joint venture tem o objetivo de se tornar uma fabricante global líder de sistemas de células a combustível e, então, ajudar a tornar o transporte sustentável e neutro para o clima até 2050. O compressor de ar será parte do sistema de células a combustível da cellcentric em caminhões pesados e aplicações estacionárias no futuro. A produção em larga escala está prevista para começar em meados dessa década.

Células a combustível tornam os veículos comerciais neutros para o clima

Nas células a combustível, o hidrogênio reage com oxigênio da atmosfera para produzir energia elétrica, assim como água e calor. Operar um powertrain de célula a combustível com hidrogênio – que é produzido com energia renovável – torna o veículo neutro para o clima. Como o compressor de ar elétrico fornece a quantidade necessária de ar filtrado, ele é um dos principais componentes para o sistema de célula a combustível. “A Bosch está dedicando um grande esforço no desenvolvimento deste componente. Temos 15 equipes de diferentes divisões trabalhando para comercializar o compressor de ar elétrico”, diz Dr. Uwe Gackstatter, presidente mundial da divisão Powertrain Solutions da Bosch.

A Bosch oferece o compressor de ar em duas potências – 20 e 30 quilowatts. A potência de 30 quilowatts é classificada para tensões de 450 a 850 volts, enquanto a de 20 quilowatts, para 250–450 volts ou 450–850 volts. As rodas compressoras alcançam velocidade de mais de 100 mil rpm. “A combinação de um motor elétrico de alta velocidade com potência eletrônica integrada permite uma fácil inclusão do sistema com custos de fabricação competitivos”, diz Gackstatter. Além disso, os semicondutores de carboneto de silício usados na bateria eletrônica da Bosch tornam esse poderoso componente particularmente eficiente. São recursos como esses que a cellcentric estava procurando.

Bosch está trabalhando em células a combustível móveis e estacionárias

A Bosch acredita que o hidrogênio tem um futuro brilhante como transportador de energia e está fazendo investimentos significativos nesta área. Entre 2021 e 2024, a empresa planeja investir aproximadamente 600 milhões de euros em aplicações móveis de células a combustível e mais de 400 milhões de euros em aplicações estacionárias para geração de eletricidade e calor. O portfólio para veículos varia entre sensores individuais até componentes essenciais, como o compressor de ar elétrico e pilhas para completar o módulo de células a combustível.

Atendimento à imprensa

Alessandra Nascimento

Tel.: (19) 2103-2325

e-mail: alessandra.nascimento@br.bosch.com

Com mais de 65 anos de história com o Brasil, o Grupo Bosch emprega atualmente no país cerca de 8.200 colaboradores e registrou, em 2020, um faturamento líquido de R$ 5,1 bilhões com a oferta de produtos e serviços para os setores Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 9.800 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de 6,9 bilhões de reais, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. Para mais informações: www.bosch.com.br, www.bosch-press.com.br, www.twitter.com/bosch_brasil.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 395 mil colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2020). A empresa gerou vendas de 71,5 bilhões de euros em 2020. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. Como uma empresa líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades inteligentes, mobilidade e indústria conectadas. A empresa busca por uma mobilidade sustentável, segura e fascinante e utiliza sua expertise em sensores, software e serviços, assim como sua própria nuvem de IoT para oferecer aos seus consumidores conectados múltiplas soluções a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é disponibilizar inovações para uma vida conectada com produtos e soluções que contêm inteligência artificial (IA) ou que foram desenvolvidos ou fabricados por meio da IA. Com isso, a Bosch aprimora a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores concebidos para fascinar e, assim, cria "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede global de produção, engenharia e vendas da Bosch abrange quase todos os países do mundo. Com mais de 400 localidades no mundo, o Grupo Bosch é neutro em carbono desde o primeiro trimestre de 2020. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 73.000 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 129 localidades em todo o mundo, bem como cerca de 34 mil engenheiros de software.

Mais informações: www.bosch.com, www.iot.bosch.com, www.bosch-press.com, www.twitter.com/BoschPresse.

Baixar press release

Ainda procurando por algo?