Suche

Press release #Mobilidade Conectada

Bosch reúne sua experiência em software e eletrônica em uma única divisão

New Cross-Domain Computing Solutions nasce com 17 mil colaboradores em todo o mundo

  • Soluções em software e eletrônica para os veículos do futuro a partir de uma única fonte
  • Mercado de sistemas eletrônicos de software deve crescer cerca de 15% ao ano
  • Resultado de 3 bilhões de euros apenas em software automotivo

Alessandra Nascimento >

X

Campinas – O advento dos softwares e da eletrônica está transformando os carros, tanto que a expectativa que o mercado de sistemas eletrônicos com uso intensivo de software cresça cerca de 15% anualmente até 2030. Com o objetivo de ampliar sua posição de liderança neste segmento, desde o início de 2021 a Bosch estabeleceu a Cross-Domain Computing Solutions, uma divisão de negócio que fornecerá para o mercado sistemas eletrônicos a partir de uma única fonte: uma divisão que nasce contando com o conhecimento de 17 mil colaboradores. “Mesmo agora, um veiculo contém cerca de 100 milhões de linhas de códigos. Apenas uma empresa com amplo conhecimento em eletrônica e software como a Bosch poderá moldar o futuro da mobilidade”, ressalta Dr. Stefan Hartung, presidente mundial do setor Soluções para Mobilidade do grupo Bosch.

O uso da eletrônica e do software cada vez mais sofisticados vem crescendo rapidamente, o que resulta numa maior complexidade para engenharia automotiva. O objetivo dessa nova divisão é diminuir essa complexidade e inserir novas funcionalidades automotivas de forma mais rápida nas rodovias. Para isso, a Bosch direcionou os esforços dos engenheiros de software, de sistemas de elétricos e eletrônicos de diferentes áreas da organização para essa nova unidade de negócio. “A Bosch já é pioneira em eletrônica automotiva, além de ser uma empresa com amplo know-how em software. No futuro, essa nova divisão terá uma grande importância na digitalização dos veículos”, conclui Hartung.

Software terá um papel primordial nos carros do futuro

Há 10 anos, um carro tinha cerca de 10 milhões de códigos de software, já os veículos autônomos terão entre 300 e 500 milhões de códigos. Para se ter uma ideia, um milhão de linhas de software equivale a quase 18 mil páginas impressas. “O software terá um papel crucial na definição das caracteristicas do veículo no futuro, tornando-os cada vez mais inteligentes e proporcionando benefícios tangíveis para os motoristas“, diz Harold Kroeger, membro da direção mundial do setor de negócios Soluções para Mobilidade e responsável por essa nova divisão.

A fornecedora de tecnologia e serviços rapidamente reconheceu a importância do software veicular e vem, por quase quatro décadas, investindo cerca de 3 bilhões de euros anualmente no aprimoramento desses sistemas. A Bosch está reunindo seus recursos de engenharia de software automotivo na nova divisão Cross-Domain Computing Solutions, visto que a tradicional engenharia de software individual está, cada vez mais, chegando ao seu limite no que refere-se a desenvolvimento. “Fornecer software a partir de uma única fonte é nossa responsabilidade junto ao enorme desafio que é fazer carros cada vez mais digitalizados”, diz Kroeger.

No futuro, a Cross-Domain Computing Solutions desenvolverá soluções nas quais os computadores e unidades de controle do veículo serão baseados em software para funções que vão desde sistemas de assistência de estacionamento, manutenção de faixa e até mesmo streaming de música. Com essa unificação, o resultado será o lançamento mais rápido de funcionalidades que chegarão aos usuários por meio de atualizações, ou seja, as montadoras poderão oferecer a seus clientes uma experiência única e integrada.

Moldando ativamente a transformação automotiva

A Bosch vem dedicando muito esforço à arquitetura E/E (elétrica/eletrônica) dos veículos do futuro, por isso a nova divisão também será responsável pelo desenvolvimento e a integração hamorniosa dos computadores, unidade de controle e sensores veiculares. “A principal tarefa da Cross-Domain Computing Solutions será controlar a complexidade desses sistemas e torná-los ainda mais confiáveis”, afirma Kroeger.

Visto isso, a Bosch está focando em computadores veiculares potentes com a base tecnológica para a digitalização dos veículos modernos. Com cada vez mais funções em todas as partes do veículo, esses computadores combinam as tarefas das unidades de controle individuais. “Os veículos premium de hoje apresentam mais de 100 unidades de controle individuais, mesmo veículos compactos têm entre 30 e 50. Esses supercomputadores nos permitirão reduzir significativamente esses números”, afirma o executivo. A partir disso, as funções de cockpit e conectividade, sistemas de assistência ao motorista, direção autônoma e powertrain, que agora serão desenvolvidos por uma única unidade, permitirão uma arquitetura de TI mais consistente em todo o veículo. Todos os componentes elétricos e eletrônicos serão perfeitamente compatíveis e a Bosch conseguirá obter sinergias valiosas com essa integração

Mais próximo do mercado e dos consumidores

Com a Cross-Domain Computing Solutions, a Bosch oferecerá aos seus consumidores de sistemas eletrônicos e software automotivos soluções a partir de uma única fonte. “A mudança em direção a uma maior digitalização do veículo será determinante para essa divisão. Nossa nova configuração nos permitirá atender as demandas – seja do mercado ou de nossos clientes – ainda melhor”, explica Kroeger.

Desde o início de 2021, toda a divisão de Car Multimedia e as áreas que desenvolvem software e sistemas eletrônicos das divisões Powertrain Solutions, Chassis Systems Control e Automotive Electronics estão juntas com um único objetivo – trazer soluções para o veículo do futuro. Isso significa que a nova divisão emprega cerca de 17 mil colaboradores em mais de 40 localidades em mais de 20 países. No Brasil, os clientes poderão contar com o amplo know-how de engenharia e gerenciamento de projetos, além de toda uma infraestrutura para desenvolvimento de novas aplicações.

Mais informações: Fatos e números sobre a eletrônica e software dos veículos

Atendimento à imprensa

Alessandra Nascimento

Tel.: (19) 2103-2325

e-mail: alessandra.nascimento@br.bosch.com

Com mais de 65 anos de história com o Brasil, o Grupo Bosch emprega atualmente no país cerca de 8.200 colaboradores e registrou, em 2020, um faturamento líquido de R$ 5,1 bilhões com a oferta de produtos e serviços para os setores Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 9.800 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de 6,9 bilhões de reais, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. Para mais informações: www.bosch.com.br, www.bosch-press.com.br, www.twitter.com/bosch_brasil.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 395 mil colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2020). A empresa gerou vendas de 71,5 bilhões de euros em 2020. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. Como uma empresa líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades inteligentes, mobilidade e indústria conectadas. A empresa busca por uma mobilidade sustentável, segura e fascinante e utiliza sua expertise em sensores, software e serviços, assim como sua própria nuvem de IoT para oferecer aos seus consumidores conectados múltiplas soluções a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é disponibilizar inovações para uma vida conectada com produtos e soluções que contêm inteligência artificial (IA) ou que foram desenvolvidos ou fabricados por meio da IA. Com isso, a Bosch aprimora a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores concebidos para fascinar e, assim, cria "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede global de produção, engenharia e vendas da Bosch abrange quase todos os países do mundo. Com mais de 400 localidades no mundo, o Grupo Bosch é neutro em carbono desde o primeiro trimestre de 2020. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 73.000 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 129 localidades em todo o mundo, bem como cerca de 34 mil engenheiros de software.

Mais informações: www.bosch.com, www.iot.bosch.com, www.bosch-press.com, www.twitter.com/BoschPresse.

Baixar press release

Ainda procurando por algo?